Antigos, genuínos e deliciosos produtos de criação portuguesa

0
Descarregar Guia de Presentes 20-21
PT / EN

Pesquisa

Chá e Tisanas | Feitoria dos Livros

14.70
Adicionar à lista de desejos
Avise-me quando houver stock

Conta uma lenda chinesa que, no ano 2737 a.C., o imperador Shen Nung que se dedicava ao estudo das plantas, descansava sob uma árvore quando algumas folhas caíram numa panela de água que os seus servos ferviam para beber. Atraído pelo aroma, Shen Nung provou o líquido e ficou espantado com o delicado aroma e sabor e com o seu efeito: sentiu-se revigorado.

Nascia o chá como bebida.

Verificamos que os países que dizem chá foram os que receberam os carregamentos de chá por via terrestre, através da Rota da Seda, e os que dizem tea por via marítima, através dos holandeses, os grandes comerciantes de chá no século XVII, e tem origem em diversas regiões costeira da China. E nós Portugueses dizemos chá, não por termos recebido a planta por via terrestre, mas por termos tido acesso à mesma a partir de Macau, onde se fala cantonês e se diz cha.

A planta do chá - a famosa camellia sinensis - foi introduzida nos Açores na ilha de S. Miguel em 1750 e terá chegado com as naus, vindas do Oriente. O cultivo desde 1874 mantêm-se na Fábrica do Chá Porto Formoso e no Chá Gorreana.

Neste livro Chá e Tisanas a autora M. Margarida Pereira-Müller aprofunda a pesquisa já iniciada em livros anteriores e propõe ao leitor informação de fácil consulta e aplicação prática.

Desde a preparação da chávena de chá perfeita à descoberta de todos os tipos de chá e das suas variantes - branco, verde, preto, chá-pérola, MatchaSencha GyokuroOolongPu-erh, etc - e às incidências do chá na saúde. Inclui também uma lista de ervas e plantas utilizadas na preparação de tisanas, benéficas para a saúde e bem-estar geral, bem como as respectivas receitas.

Autor: M. Margarida Pereira-Müller.
Edição: Feitoria dos Livros.
Idioma: Português.
Páginas: 132, capa mole.
Dimensões: 14,5 x 20,3 x 0,8 cm.
Peso: 204 g.