Antigos, genuínos e deliciosos produtos de criação portuguesa

0
Descarregar Guia de Presentes 20-21
PT / EN

Pesquisa

Cá Vai Lisboa | Alface e Fenda Edições

15.00
Adicionar à lista de desejos

Enquanto o destino de Delfim Sardinha endrominava aracnideamente as linhas com que o historiador se coseria (ou seria cozido), António Leão inclinava-se à farmácia do Firmino a comprar um frasquinho de lágrimas. Um ou dois.

Por norma, em épocas normais, um frasquinho durava-lhe três 15 dias. Desde porém que o Nóbre Náldega (alcunha que D. Nelson Novaes nem sonhava lhe assentasse que nem uma luva) o expulsara da Lista para a nova Direcção do Rosa, Leão vira-se na contingência de aviar um recipiente lacrimal por dia.

Para poeta - convenha-se - António vertia pouco. Não significando tal um défice de sentimentos. Muito ao contrário: Leão fazia frequentemente suas as dores do mundo e comovia-se nisso para além do contável, assim enfileirando com os líricos da sua estirpe.

Só que o sentimento não arrastava a seus olhos o correspondente caudal choroso e o choriço, por se sentir discriminado, recorria ao vasilhame do Firmino com regularidade módica. Um poeta como ele, hábil de mão e coração, nunca aceitaria de bom-grado traições da fisiologia.


Capa de João Bicker / FBA

Autor: Alface (João Alfacinha da Silva).
Edição: Alface e Fenda Edições.
Idioma: Português.
Páginas: 241, capa mole.
Dimensões: 14 x 21 x 1,7 cm.
Peso: 200 g.